OS ÍDOLOS DA NOSSA JUVENTUDE


Conversar com os jovens é um ótimo exercício, pois podemos ter descortinado ante os nossos olhos, mesmo que perplexos, para onde caminha o mundo em que estamos vivendo.

Não é novidade para ninguém, que a juventude, principalmente na fase da adolescência elege “ídolos” (atores, músicos e personagens) para serem alvos de sua admiração, que muitas vezes servem de referenciais para as suas vidas, tanto nos padrões estéticos como comportamentais.

É quando observo os ídolos eleitos pala juventude desta geração, que sou visitado por grande preocupação e temor, pois tais escolhas revelam os valores que são cultuados pelos Jovens, até mesmo cristãos. Valores estes que destoam frontalmente dos valores Divinos, revelados nas Escrituras Sagradas.

Harry Potter, por exemplo, um bruxo simpático, contudo bruxaria sempre foi uma prática condenada por Deus desde o período da Lei, vejamos alguns trechos das Sagradas Escrituras:

Ex 22 18 A feiticeira não deixarás viver.

Deut 18 10 Entre ti se não achará quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro,11 nem encantador de encantamentos, nem quem consulte um espírito adivinhante, nem mágico, nem quem consulte os mortos, 12 pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor, teu Deus, as lança fora de diante de ti.
Caso Harry Potter estivesse na égide da Lei deveria ser apedrejado até a morte, contudo, mesmo na graça, os praticantes de feitiçaria permanecem execráveis aos olhos do Senhor: Apoc 21 8 Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre, o que é a segunda morte.

Os Vampiros da série crepúsculos, por mais vegetarianos que aparentem ser, têm, também, sua prática condenada na Palavra de Deus, senão vejamos:

Deut 15 23 Somente o seu sangue não comerás; sobre a terra o derramarás como água.

Gen 9 4 Carne, porém, com sua vida, isto é, com seu sangue, não comereis. 5 Certamente, requererei o vosso sangue, o sangue da vossa vida; de todo animal o requererei, como também da mão do homem, sim, da mão do próximo de cada um requererei a vida do homem. 6 Se alguém derramar o sangue do homem, pelo homem se derramará o seu; porque Deus fez o homem segundo a sua imagem.

O que dizer de Justin Biber, Zack Efron e outras figurinhas estéticas do gênero, fora a embalagem qual o conteúdo que atrai a juventude?

Contradizendo o poeta: Os nossos ídolos já não são os mesmos e as aparências enganam sim. Infelizmente temos que admitir que os referenciais da Juventude, até mesmo cristã, não estão, na maioria das vezes, sintonizados com os padrões divinos, resta-nos despertar através do ensino da Palavra, os jovens para amarem as coisas de Deus.

Pr. Jonas Silva


PASTORES EM ESCALA INDUSTRIAL

A China vem demonstrando a vantajosidade da produção em larga escala, barateamento do preço, popularização ao acesso. Hoje quase todo mundo ocidental tem um produto “ching ling” em sua casa.

Por outro lado, a produção em larga escala possui outra faceta, que é qualidade dos produtos “ching ling”, já que os mesmos possuem mil funções, contudo, funcionam mal, duram pouco e são descartáveis.

A lógica da produção em larga escala infelizmente chegou ao mundo eclesiástico, hoje a ordenação de Pastores vem se fazendo de forma indiscriminada.

Sempre compreendi que ser Pastor é mais que um cargo, é uma função, por isso, ser pastor não se consuma exclusivamente com a investidura que vem da ordenação, mas sim, com o ato cotidiano de pastorear

A ordenação e o exercício pastoral são duas faces de uma mesma moeda, da sublime missão de conduzir o rebanho do Senhor.

Em linhas gerais o ministério pastoral é balizado nos seguintes aspectos: vocação, chamamento e unção, esta tríade se soma para respaldar o exercício de pastorear não o nosso rebanho, mas o do Senhor.

Contudo, a igreja de nossa geração parece que vem esquecendo-se destes aspectos ao ordenar ministros do Evangelho, hoje ser pastor é meramente encarado como a ocupação de uma posição de destaque na estrutura eclesiástica.

Hoje qualquer um pode ser “pastor”, basta fazer um curso a distância, honrar com suas mensalidades e no final do curso o aluno já sai com “credencial” , como se meras carteiras chancelassem aquilo que só Deus pode respaldar.

Ministérios negociam com pessoas influentes na sociedade a unção pastoral. O convite à consagração funciona como chamariz para agregar tais irmãos às suas comunidades, como se o fato de serem juízes, médicos empresários, militares e políticos, respaldassem um título que é emitido pelo próprio Senhor.

Pastores consagram irmãos, genros esposas, filhos e amigos, destituídos de vocação pastoral. Condenamos o nepotismo na vida pública, contudo convivemos muito bem com o nepotismo eclesiástico.

O título pastoral hoje é distribuído de forma indiscriminada, já que serve para indicar meramente proeminência na vida eclesiástica, e servem para designar cantores gospel, comunicadores evangélicos e pessoas do gênero. Foi esquecido pela igreja moderna, que não é título que respalda a vida, mas é a vida que respalda o ministério.

Atos dos Apóstolos no capítulo 08 conta a história de um homem que quis comprar a unção de Deus, Simão, que por isso foi duramente repreendido pelos Apóstolos. Do ato de Simão se originou uma palavra em nosso vocabulário, simonia, que significa tráfico de coisas sagradas e venda de bens espirituais.

Impor as mãos sobre alguém sem a direção de Deus e outorgá-lo o título pastoral, por dinheiro, amizade, afinidade ou qualquer outra motivação sórdida, nada mais é que cometer simonia.

O que mais me entristece é que hoje podemos dizer que “pastores” são ordenados em larga escala, contudo a exemplo dos produtos chineses (“ching ling”), tais ministros, embora baratos, não desempenham bem a função a que se propõem, são frágeis e descartáveis.










Pr. Jonas Silva.

PALESTRA INTRODUÇÃO BÍBLICA

Ministramos, no dia 22 de Janeiro de 2011, uma palestra sobre Introdução Bíblica na Igreja Batista Viva Yahweh Shammah - sede - Bomba do Hemetério - Recife-PE, para os professores da Escola Bíblica Dominical daquela Igreja. Estou postando o linck para baixar a palestra em power point. Baixe e faça bom uso dela.


Click aqui para baixar a palestra em ppt


Pr. Jonas Silva
 
Caminhando em Santidade © 2010 | Design adaptado por Kênia Siqueira | Todos os direitos reservados.