COM SILAS OU SEM SILAS EU VOTO EM MARINA SILVA



O Pr. Silas Malafaia mais uma vez tenta polemizar e exercer o seu papado na Igreja Evangélica Brasileira, ao retirar o seu apoio à candidatura de Marina Silva.

Inicialmente gostaria de afirmar que respeito totalmente a posição do Pr. Silas Malafaia. É um direito dele, garantido nos ditames constitucionais, votar em quem ele ache melhor para o país ou mais conveniente para sua pessoa, ministério e família.

Contudo, gostaria de discutir, entre outras questões, as motivações apresentadas pelo amado pastor para retirar o apoio à candidata a presidente pelo Partido Verde, a nossa Irmã em Cristo Marina Silva. Apoio este confirmado no último dia 24 de setembro.

A candidata Marina Silva desde o início de sua campanha vem se posicionando, sem sombra de variação, da mesma maneira em relação à questão do aborto e consumo de drogas, que é levá-las a consulta popular por meio de plebiscito.

Não vejo nesta posição, nenhuma incoerência cristã já que a Candidata, e, irmã em Cristo, jamais se posicionou pessoalmente em favor da liberação da prática do aborto e do uso de drogas, ela simplesmente reconheceu que vivemos em um Estado democrático, e como tal, a vontade popular deveria ser levada em conta em questões polêmicas, e isto é uma postura de verdadeiros democratas.

A nossa Irmã Marina Silva vem adotando uma posição de uma verdadeira líder nacional, pois, mesmo sendo evangélica não vem demonizando a eleição presidencial, como sendo a Candidata Messiânica da parte de Deus, enquanto os outros são frutos do sistema pecaminoso controlado por Satanás, a exemplo do que fez o populista e ficha suja Anthony Garotinho em sua última disputa presidencial, candidato este apoiado, à época, abertamente pelo Pr. Silas Malafaia.

Eu fico imaginando o que motivou a mudança de posição do Pr. Silas Malafaia, entre algumas razões espúrias que me passam a mente, pelas quais peço perdão a Deus, fica patente quem é o homem por trás das câmeras de televisão e do título pastoral, pois fica demonstrado que a intolerância ideológica e a dificuldade de convívio com as diferenças é um dos seus pressupostos, pois, como já disse o poeta verde: “é que narciso acha feio aquilo que não é espelho”

Enquanto a irmã Marina Silva caminha para a democracia, o Pr. Silas Malafaia revela com sua posição que o ideal para o Brasil seria uma ditadura religiosa evangélica, onde os nossos valores deveriam ser impostos de goela a baixo para toda a população. Quem sabe um Talibã Evangélico.

O amado Pastor acusa a Irmã Marina Silva de dissimulada e incoerente. Mas fico a pensar, qual é a maior incoerência: afirmar que é contra o aborto, mas como governante em um estado democrático de direito, se submete a vontade popular ou dizer que é contra e apoiar um candidato que é favor do aborto? Quem é mais Petista? Quem respeita a opinião da mídia, mesmo contrapondo as suas? Ou quem procura silenciar a opinião da mesma por confrontarem as suas?

Quando respondemos a tais questões acho que não é Marina que revela as suas raízes petistas.




Pr. Jonas Silva

7 comentários:

 
Caminhando em Santidade © 2010 | Design adaptado por Kênia Siqueira | Todos os direitos reservados.