Coisas entre o céu e a terra que a minha "VÃ TEOLOGIA" não consegue explicar

Após uma semana sem postar, pois estava fazendo um curso em meu trabalho, ser pastor fazedor de tendas não é moleza!!!
Estou postando algumas questões, que embora várias delas pareçam ter respostas e explicações obvias e simples, eu sinceramente não as entendo.

1. Por que pessoas dizem que amam a Deus e sempre têm mais prazer em coisas que não tem nada a ver com Ele, ou quando não contrário a sua vontade.

2. Por que crentes sofrem verdadeiras mutações nas segundas feiras, abandonam aquela aparência dominical de piedade, deixam a Bíblia de lado, e se infiltram nos meios dos pecadores sem fazer qualquer diferença.

3. Por que os membros das igrejas acham que seus pastores são super-homens, não têm problemas, sua família e principalmente seus filhos, são perfeitos, não têm sentimentos, fraquezas, e nem necessidades.

4. Por que muitos músicos que deveriam ter uma vida separada para Deus, ainda insistem em tocar no mundo, em ambientes nada condizente com uma vida cristã.

5. Por os irmãos que mais criticam a sua igreja são aqueles que menos fazem alguma coisa.

6. Por que na matemática de muitos cristãos 10 por cento, torna-se 8, 7, 6 e até 0 por cento.

7. Por que muitas vezes citamos em nossos cultos aquele texto, “alegrei quando me disseram vamos a casa do Senhor”, mas muitas pessoas parecem que estão em plena seção de tortura, evento fúnebre.

8. Por que o nosso corpo não consegue passar um dia sem fazer as três refeições, contudo, partindo do princípio que a Palavra de Deus é o alimento do nosso espírito, queremos que o mesmo passe a semana com uma mera refeição dominical.

9. Por que Pastores, nas reuniões institucionais de suas convenções e Ordens Pastorais, parecem esquecer tudo que ensinam em suas igrejas.

10. Por que declaramos a Bíblia como regra de fé e prática, contudo, as experiências extras bíblicas parecem nortear as igrejas de nossos dias muito mais do que o próprio Texto Sagrado.

11. Por que muitos acham que o único pecado imperdoável que o Pastor comete, é o adultério, os outros, tais como: mentir, deturpar a Palavra de Deus, ser violento com a esposa, sonegar impostos, etc. são todos aceitáveis.


12. Por que a adoração vem se tornando em um verdadeiro mercado musical, onde os “artistas” roubam para si, sem pudor e indignação, a verdadeira adoração ao Senhor.

13. Por que se a igreja é o corpo de Cristo, contudo, as nossas denominações nos separam, ao ponto de considerarmos os outros grupos como torcidas rivais.

14. Por que muitos dizem que Deus é o Senhor de suas vidas, mas quem manda mesmo é o seu ego.

Bom, por hoje chega!! Depois eu posto mais algumas destas questões.




Pr. Jonas Silva.

0 comentários:

 
Caminhando em Santidade © 2010 | Design adaptado por Kênia Siqueira | Todos os direitos reservados.